Uma semana muito anos 90

Publicado em 22 de junho de 2017
por Welington Gonzaga
Uma semana muito anos 90
Música
0

Se você viveu parte da adolescência na década de 90 certamente ouviu falar bastante das Spice Girls. Era um grupo pop do Reino Unido formado por Emma, Geri, Melanie B, Melanie C e Victoria. Numa época dominada por grupos masculinos, as meninas viraram mania com suas músicas e a filosofia do Girl Power.

As Spice Girls estiveram em atividade como grupo de 1996 (considerando apenas o tempo depois da fama) até 2001. Em 2007 o grupo fez uma reunião em turnê para cantar os sucessos do passado e lançar duas músicas novas num CD de Greatest Hits. Depois disso apenas em 2012 o mundo assistiu novamente a uma apresentação na cerimônia de encerramento das Olimpíadas de Londres.

O hiato do grupo continua. Mas nesta semana (pelo menos no Brasil), os dias estão bem 90s graças a uma visita de Melanie C ao país. Uma visita aguardada há 20 anos. Sites, jornais, revistas, programas de TV e redes sociais divulgam as atividades da cantora por aqui. Mas não é só porque Melanie C vai participar do Fantástico ou do Altas Horas, na TV Globo, que a semana está num clima “noventista”.

Outras duas ex-Spice Girls (essa expressão “ex” usada pela grande mídia chega a incomodar quem é fã do grupo que, naturalmente, pensa que uma vez “Spice Girl” sempre “Spice Girl”), Geri Halliwell e Emma Bunton, também estão bastante na ativa.

Geri lançou música nova no último dia 19 de junho. A canção “Angels in Chains” foi composta para homenagear o cantor George Michael, amigo da eterna Ginger Spice, falecido no final do ano passado. Ao longo dos últimos dias, Geri tem divulgado a canção em rádios e programas de entrevistas, o que faz os fãs sentirem essa vibe anos 90.

Já a Baby Spice, estreia hoje programa de TV nos Estados Unidos. Trata-se de um reality show chamado Boy Band, do canal ABC.

Alguns podem achar que uma música nova, uma visita aguardada há anos e um novo programa de TV sejam pouco, mas são coisas significativas para quem se sentia saudosista de uma década tão apimentada como foi a de 1990.

Deixe seu comentário