O novo (e quadragenário) Jornal Nacional

Publicado em 21 de junho de 2017
por Welington Gonzaga
O novo (e quadragenário) Jornal Nacional
# Telejornalismo #
0

O jornal Estadão antecipou na edição de segunda-feira (19), em nota publicada na seção “Sem Intervalo”, do Caderno 2, que o Jornal Nacional passaria a ser apresentado em novo cenário a partir daquela data.

O Jornal Nacional estreia hoje o resultado de sua maior repaginação nesses quase 48 anos no ar. O telejornal de maior audiência do País ganhou um novo prédio, onde foi construído um cenário completamente diferente do anterior, colocando os âncoras ainda mais próximos de sua redação. Ganhou novos telões de LED e integrou as equipes da TV e da internet, para deixar o jornal mais ‘quente’. Além disso, os apresentadores terão mais momentos fora da bancada, para ampliar o dinamismo e a aproximação com o público“, dizia a nota.

Quando o novo Jornal Nacional entrou no ar naquela noite (assista a íntegra desta edição neste link), uma trilha sonora “heroica” tocou na escalada que trazia as manchetes do dia. Era tanta novidade que nenhuma notícia parecia mais impactante que a repaginação do telejornal.

O som de super-herói parecia estar mais baixo do que deveria. Mas poucos telespectadores deveriam perceber essa questão técnica diante do maravilhamento visual apresentado. Ao fundo, atrás dos âncoras, uma arte em realidade aumentada projetava as iniciais “JN” enquanto a câmera deslizava suavemente da esquerda para a direita num movimento quase cinematográfico aplicado ao jornalismo. “E seja bem-vindo, você vai conhecer a casa nova do Jornal Nacional“, disse a apresentadora Renata Vasconcellos no fechamento do cardápio noticioso.

Em seguida, após a escalada, uma imagem de cima mostrava a redação com a bancada ao centro. Tinha uma aparência que lembrava o filme “Tron”, da Disney, com linhas modernas em tons de azul. A câmera continuou em movimento até ficar de frente para a bancada onde estavam os apresentadores. No percurso dessa mesma câmera, o telespectador podia conferir a “parafernalha” tecnológica disponível para dar cara nova ao quadragenário telejornal brasileiro.

As interações dos apresentadores com correspondentes e repórteres através de um telão foram mantidas (e aumentadas). Mas a impressão que se tinha, num primeiro momento, era a de que existiam tantos elementos novos para se prestar atenção – pelo menos enquanto forem considerados novidade – que tudo competia com a notícia em si.

No canal da Rede Globo no YouTube foi disponibilizado um vídeo (assista abaixo) que mostra os bastidores dessas mudanças realizadas. Além do Jornal Nacional, o canal pago Globo News e o portal de notícias da internet G1 também irão usufruir desse novo espaço que pode ser considerado uma “meca” do telejornalismo brasileiro atual.

Deixe seu comentário