The Original High, de Adam Lambert

Publicado em 17 de junho de 2015
por Welington Gonzaga
The Original High, de Adam Lambert
# Disco da Semana #
0

Imagine uma música que tenha o seguinte refrão: “Meu coração é uma cidade fantasma“. Era para ser uma música depressiva, tipicamente composta para se ouvir com dor de cotovelo ou após levar um fora. Mas não! É uma música animada para superar a dificuldade amorosa, ou seja, o pé na bunda. Mesmo que a letra seja um tanto pessimista – “and love is a satire, and now I know my heart is a ghost town” – ainda assim é uma música animada.

 

 

Ghost Town” é a faixa de abertura do quinto álbum de estúdio do cantor norte-americano Adam Lambert. A música cria expectativas quanto ao que vem nas faixas a seguir. “The Original High” é a canção que dá título ao disco e tem uma batida gostosa para cantar com os cabelos ao vento. De fato é um disco gostoso de ouvir, dançante mas com uma pegada suave, quase reflexiva. “Another Lonely Night“, por exemplo, parece ter sido feita para quem vai passar a noite de sábado em casa tendo apenas uma garrafa de vinho como companhia. “Underground” traz uma sensualidade vocal usheriana e tem um ritmo que remete ao início dos anos 2000.

There I Said It” soa como uma recaída romântica, embora o refrão acabe dizendo o contrário e passando uma mensagem de superação a um relacionamento que não valia a pena. “Rumors” traz uma parceria de Adam Lambert com Tove Lo. Outra parceria está em “Lucy“, com Brian May. “Evil In The Night” é uma das faixas que comprovam que esse é um disco que pode ser melhor apreciado no período noturno. O ritmo funciona melhor à noite. “Things I Didn’t Say“, “The Light” e “Heavy Fire” completam o álbum. Na versão de luxo há ainda três faixas bônus: “After Hours“, “Shame” e “These Boys“. Confira a seguir uma playlist com uma prévia deste álbum!

 

 

QUEM É ADAM LAMBERT? – É um cantor, compositor e ator norte-americano que ficou famoso ao participar da oitava temporada do programa American Idol, em 2009, nos Estados Unidos, quando conquistou o segundo lugar na competição. Aos 33 anos, Adam Lambert lançou “The Original High” no início de junho. O desafio é obter o mesmo sucesso dos trabalhos anteriores: “For Your Entertainment” (2009), que vendeu mais de 837 mil cópias, “Take One” (2009), “Beg For Mercy” (2011) e “Trespassing” (2012), que vendeu 203 mil cópias. Adam Lambert é assumidamente homossexual e, em 18 setembro deste ano, vai abrir o Rock in Rio com o Queen.

Deixe seu comentário