Super Bowl XLVIII
Halftime Show

Publicado em 4 de fevereiro de 2014
por Welington Gonzaga
Super Bowl XLVIII<BR> Halftime Show
# Show do Intervalo #
0

Seahawks e Broncos chegaram à grande final do Super Bowl em 2014. Mas, assim como nas edições anteriores, o que menos importa é saber quem foi o campeão do futebol americano – isso é o que acontece pelo menos fora dos Estados Unidos. O importante é assistir aos comerciais veiculados nos intervalos do jogo (clique aqui para assisti-los) e ao Halftime Show (assista aqui). A estrela do show do intervalo deste ano foi Bruno Mars, com participação de Red Hot Chili Peppers.

 

Mas diferente de edições passadas, em 2014 podemos dizer que o show foi “simples”. Porém, isso não quer dizer que tenha perdido qualidade. Se Beyoncé (em 2013) e Madonna (em 2012) abusaram no uso de dançarinos e de figurantes em coreografias repletas de efeitos especiais (que faziam qualquer telespectador se impressionar com a transformação do estádio em um grande palco), Bruno Mars optou por um espetáculo menos glamouroso. A prioridade foi a música!

Parte da imprensa considerou o show como morno – embora, claro, isso seja bastante subjetivo. Bruno Mars surgiu numa “bateria flutuante”. E enquanto desempenhava um solo com categoria, era conduzido ao palco.

 

Houve, claro, momentos ufanistas: no início, um coral de crianças cantando um trecho de “Billionaire” com a bandeira dos Estados Unidos ao fundo; no final, militares das Forças Armadas enviando mensagens aos familiares; São pequenas alusões ideológicas que se justificam pelo fato de os norte-americanos serem exageradamente patriotas e nacionalistas.

Quanto ao show de Bruno Mars, segundo dados da Nielsen Soundscan, atingiu 48,6 pontos de audiência – superou Beyoncé no ano passado que obteve 48,2. No palco, o cantor havaiano começou animando o público com “Looked Out Of Heaven”. Em seguida, embalou outro sucesso: “Treasure”. Além do seu topetão, Bruno Mars chamou a atenção pelo talento com a voz e, também, pela pitada de sensualidade quando ousa fazer alguns passos de dança. “Runaway Baby” introduziu um pouco de rock para o que vinha a seguir: Red Hot Chili Peppers! “Give It Away”, o hit escolhido pelo grupo californiano, foi cantado ao vivo pelo vocalista Anthony Kiedis. Mas, posteriormente, o baixista admitiu em carta aos fãs (leia aqui) que a banda fez playback em pleno Super Bowl. As especulações surgiram por conta de imagens que mostravam os instrumentos desconectados. Por último, Bruno Mars cantou “Just The Way You Are”. O espetáculo foi encerrado com um show de fogos de artifício.

By the way, quem venceu o Super Bowl XLVIII foram os Seahawks…

 

Deixe seu comentário