“Ender’s Game – O Jogo do Exterminador”

Publicado em 24 de Fevereiro de 2014
por Welington Gonzaga
“Ender’s Game – O Jogo do Exterminador”
# Cinema #
1

Invasão alienígena deveria ser uma gênero especial para classificarmos alguns filmes, mas a maioria deles está catalogada como ficção científica. “Ender’s Game – O Jogo do Exterminador” (veja o trailer) faz parte desta lista. O filme, dirigido por Gavin Hood (de “X-Men Origens: Wolverine”), é uma adaptação do romance de mesmo nome escrito por Orson Scott Card.

A história se passa no planeta Terra do século XXII (entre os anos 2164 e 2170). Nesse futuro não muito distante, a espécie humana sente-se ameaçada por alienígenas (que se parecem com insetos gigantes, ou insetóides, chamados de Formics) que já tentaram dominar o planeta. Para evitar possíveis novos ataques, uma geração de jovens talentosos é treinada numa estação espacial.

Ender Wiggin é o personagem principal que emerge como “o escolhido” para ser um futuro herói dos humanos, mesmo que ele ainda seja apenas um menino. Porém, aos olhos do seu mentor, a pouca idade não chega a ser um problema, já que Ender possui nobres características de um grande líder. Ainda assim, o jovem não é dispensado dos (pesados) treinamentos.

Durante o período em que está na escola de formação, Ender acaba encarando desafios individuais e coletivos. Aos poucos vai mostrar qualidades que realmente o diferem dos demais jovens. Mas, dito assim, parece que “Ender’s Game” segue a mesma fórmula de conhecidas histórias — como Harry Potter e Percy Jackson. Mas, não, o livro “Ender’s Game” foi publicado em 1985.

Nessa adaptação para o cinema quem vive o jovem Ender é Asa Butterfield (de “O Menino do Pijama Listrado” e de “A Invenção de Hugo Cabret”). Mas outras estrelas estão no elenco: Harrison Ford (de “Apocalipse Now” e da franquia “Indiana Jones”), Abigail Breslin (de “Pequena Miss Sunshine”), Viola Davis (de “Os Suspeitos”), Ben Kingsley (que já contracenou com Asa Butterfield em “A Invenção de Hugo Cabret”), entre outros.

Um Comentário

  1. Ale disse:

    Acho que a história do Ender’s game é muito fiel ao livro li, apesar de haver pessoas que não gostam, porque eles se apegam para mim é um bom ajuste

Deixe seu comentário