MTV Unplugged: Miley Cyrus

Publicado em 31 de Janeiro de 2014
por Welington Gonzaga
MTV Unplugged: Miley Cyrus
# Música #
0

Na noite da quarta-feira (29/01) foi exibido, nos Estados Unidos, o MTV Unplugged da Miley Cyrus. Assisti por curiosidade e, principalmente, para saber como havia sido a participação de Madonna. O dueto só aconteceu no final do programa, quando Miley e Madonna cantaram um mashup de “Don’t Tell Me” e “We Can’t Stop”. A Rainha do Pop surgiu do meio da platéia. Madonna sensualizou, dançou, cantou e até mostrou a língua – o que já é uma marca registrada de Miley Cyrus.

O que imperou no acústico foi a atmosfera country! Miley, logo no início do programa, justificou o espírito country pelas suas origens em Nashville, capital do Estado de Tennessee. Um pouco também pode ser influência do pai dela, o cantor country Billy Ray Cyrus. Além do cenário que parecia um saloon ou um celeiro, no palco rústico (feito com tábuas) havia até um cavalo (que foi vítima do rebolado de Miley). Com uma peruca loira, botas, unhas e roupa xadrez, Miley abriu seu unplugged com “4×4”. Em seguida, tão boa quanto a primeira, uma versão para “Do My Thang”.

A maioria das músicas do show faz parte do CD “Bangerz”, lançado por Miley Cyrus em outubro do ano passado. Mas as canções seguintes não foram de grande destaque! Em “Get It Right”, bem amparada pelas backing vocals, Miley contou com um assobio viciante e alegre. Em “SMS (Bangerz)”, a ex-Hannah Montana trocou de roupa. Apareceu com jaqueta e calça rasgadas – além de um top e de um chapéu – e mostrou sua boa forma física. E o novo single da cantora, “Adore You”, foi executado com suporte de violão e violinos. Mas foi apenas uma baladinha romântica a mais para mostrar um pouco da potência vocal dela. Depois, “Rooting For My Baby” veio com um refrão grudento. Em “Drive”, Miley gritou, cantou e gemeu bastante, sentada num tronco de madeira. E terminou (um pouco) emocionada e agradecendo aos fãs.

A partir de “Jolene”, um clássico country de 1973, o show voltou a ficar bom. Miley deixou para o final seus dois maiores sucessos de “Bangerz”. “Wrecking Ball”, claro, foi ótima. Mas a versão acústico ficou bem idêntica à versão de estúdio. O grand finale já foi mencionado: “Don’t Tell Me” foi a escolha certa para Madonna dar sua contribuição ao espírito country do MTV Unplugged de Miley Cyrus. Pena que “We Can’t Stop” tenha ficado tão diluída no mashup.

Deixe seu comentário